A tecnologia está cada vez mais avançada, e percebemos isso tanto em seus atributos como na facilidade de usá-la. E isso influencia diretamente a arquitetura.

Se você quer tirar do papel os seus projetos de arquitetura, o desenho paramétrico serve para contribuir em novas formas na construção.

Em outras palavras: chega de usar formas antigas no projeto e de ver desenhos com propostas difíceis de entender.

Afinal, você já sabe do que estamos falando aqui e como a arquitetura paramétrica pode ajudar na sua obra?

Por ter mudado tanto o desempenho dos arquitetos na hora de construir, vamos falar um pouco de arquitetura paramétrica e seus conceitos no mundo moderno.

Continue lendo e veja como ele influencia diretamente na sua obra!

O que é Arquitetura Paramétrica na prática?

A arquitetura paramétrica é um método muito diferente no quesito de projeções. Ela utiliza computação gráfica e, por meio de softwares, permite que seu projeto tenha uma combinação de estética e eficiência ambiental.

Se precisamos destacar algo sobre o desenho paramétrico é que esse estilo de projeto é mais fácil e acessível. Contando com projetos assim, sua obra terá mais qualidade e modernidade.

Usando os algoritmos da arquitetura paramétrica, você vai ter a interpretação de:

  • Dados climáticos;
  • Esforços estruturais para as formas que foram modeladas;
  • Geometrias do projeto;
  • Comportamentos dos usuários;
  • Entre outras informações que contribuem para as etapas do seu projeto.

De uma maneira mais clara: a arquitetura paramétrica é uma técnica que usa cálculos e softwares para que seu projeto arquitetônico tenha um design diferente dos comuns.

 

Mas como funciona a arquitetura paramétrica?

A arquitetura paramétrica tem resultados e projetos com base em dados diversos, como:

  • Curso dos ventos predominantes;
  • Carta solar (posição solar nos diferentes dias e épocas do ano);
  • Entre outros elementos da localização do projeto que interferem diretamente na condição do ambiente.

Todos esses elementos são computadorizados e convertidos em um possível parâmetro, que é levado em consideração para o desenvolvimento dos elementos marcantes no projeto, por meio de algoritmos.

Os algoritmos fazem o que parece com “receitas”, que indica o passo a passo dos procedimentos e atuam na resolução de uma tarefa.

Essa função de algoritmo representa uma solução para um dilema, em que sua resposta é fazer todas as possibilidades e não ter dúvidas dos projetos.

Hoje em dia, podemos ver que esses projetos vêm ganhando espaço e tomando formas nunca vistas pela sociedade. Então, se você quer um projeto diferente de tudo, continue lendo e aprimorando seu conhecimento!

 

Quais são as vantagens do desenho paramétrico?

O desenho paramétrico permite que você tenha projetos mais inteligentes e com designs contemporâneos – sem abrir mão da segurança na execução.

Projetos com muitas formas abstratas e cheios de características precisam ser feitos utilizando um software. Isso faz com que o trabalho fique mais claro quando for apresentado.

Além disso, o desenho paramétrico permite que você tenha uma redução de tempo e custo ao produzir projetos complexos.

Sabemos que deixar um desenho em prática não é fácil, principalmente se ele contar com muitas formas geométricas diferentes. O desenho paramétrico ajuda para que as estruturas sejam mais modeladas e apresentáveis a você.

Outro ponto é que construir uma casa ou ambiente corporativo com interfaces gráficas e geometrias complexas só são possíveis com o desenho paramétrico – o método de design tradicional não funciona nesses casos.

Um belo exemplo de uso de formas geométricas que existem graças a isso, é o projeto com desenhos facetados.

 

Qual a diferença de um desenho paramétrico para o comum?

Arquitetura

Nas etapas de um projeto de arquitetura, as informações que são coletadas pelo seu arquiteto com você são transformadas em uma planta. Normalmente, ele é passado para um programa de BIM ou Autocad.

Depois do projeto executivo, qualquer alteração vai impactar diretamente no seu projeto e causar atraso, estresse e muito retrabalho.

Nesse aspecto, acaba existindo uma “limitação” para a criatividade do arquiteto. Ou seja: ele se preocupa em entregar algo bom, mas que necessariamente seja algo executável, sem precisar de alterações.

Mas quando falamos de arquitetura paramétrica, os algoritmos que mencionamos antes permitem que você e seu arquiteto expandam as possibilidades do projeto – e aí, não existem limites para como vai ser o seu resultado.

A partir do desenho paramétrico, você consegue projetos com uma incidência menor de erros, menos retrabalho, menor custo e formas abstratas ou com modelagens de curvas mais assertivas, em comparação com o estilo comum.

Apesar desse estilo de projeto ser a tendência do mundo moderno, é importante contar com alguém que realmente entenda do assunto.

Se é disso que você precisa, peça o contato de um dos nossos especialistas e veja como podemos te ajudar em projetos incríveis e fora dos padrões básicos que você vê por aí.

 

Escrito por:


Josias Pulquério
CEO | Fundador
ArqDrive – Arquitetura Virtual