Antes de te apresentarmos algumas informações valiosas sobre projetos arquitetônicos e de darmos algumas dicas importantes  para uma obra com mais qualidade, vamos falar um pouquinho sobre como a arquitetura funciona.

A arquitetura é a arte de criar espaços com o objetivo de abrigar as atividades dos homens. Porém, a profissão precisa obedecer a critérios, como, por exemplo:

  • Funcionalidade;
  • Ergonomia;
  • Sustentabilidade;
  • Conforto;
  • Técnica;
  • Estética;
  • Custos.

Portanto, o arquiteto planeja a utilização do espaço de maneira racional e desenvolve as questões ligadas à arte e estética. Mas, e os projetos arquitetônicos, onde entram? Continue lendo e você já vai entender melhor!

 

O que são projetos arquitetônicos e sua importância

Falar em ‘projeto arquitetônico’ é falar em uma arquitetura com base em programas de necessidade (levando em conta expectativas e funções espaciais) e em meios de edificação (como os materiais, meio ambiente, técnicas construtivas e equipamentos).

Portanto, se houver erro no seu projeto arquitetônico, terá erros na execução da sua obra também.

Os erros mais comuns nas execuções dos projetos de arquitetura são:

  • 16% por durabilidade;
  • 16% por mão de obra;
  • 16% por serviços de terceiros;
  • 15% por erros de projeto;
  • 15% por especificações;
  • 12% por manutenção;
  • 9% por materiais;
  • 1% por outros motivos.

Daí a importância do cuidado ao contratar um profissional de arquitetura, que irá garantir bons projetos arquitetônicos para o seu ambiente, evitando prejuízos, desperdícios e riscos desnecessários.

Mas como saber que os projetos arquitetônicos entregues são realmente bons e vão ter qualidade ao final?

 

Aspectos importantes para considerar no seu projeto de arquitetura.

Claro que não existe receita de bolo ou fórmulas mágicas para uma obra dar certo e você, como cliente, normalmente não teria como prever as falhas nos projetos…

Mas mesmo sem todo o conhecimento técnico, é possível ter uma boa ideia de quais são os requisitos fundamentais para que sua obra resulte em sucesso. Confira!

 

1. Funcionalidade

Ao te entregar um projeto arquitetônico, ele deve levar em conta a funcionalidade do ambiente, tendo me vista as atividades que serão desenvolvidas nele.

Nesse sentido, e importante levar em conta aspectos como circulação, dimensionamento, ergonomia e zoneamento.

Talvez você não saiba como projetar um ambiente funcional, de acordo com seus objetos para ele, mas não deixe de falar sobre isso com seu arquiteto, pois colocar seus desejos em prática (dentro do possível) é uma das principais funções dele na sua obra!

 

2. Técnica

Outro ponto importante é a técnica, que deve levar em conta a resistência dos materiais, estabilidade das construções e sistemas estruturais.

Além disso, é necessário também considerar os procedimentos para execução da obra (como fundações, materiais, acabamentos construtivos e mecânica dos solos) e as condições de habitação do espaço (envolvendo questões térmicas, lumínicas e acústicas).

 

3. Estética

A estética é responsável por emitir mensagens perceptíveis sensorialmente, através de objetos e produtos artísticos, a um espectador, que é um receptor passivo e também ativo (já que emite respostas a essa estética em ações ou usos). Parece complexo? Para um bom arquiteto, não é. Novamente: sua parte é deixar claro seus objetivos e desejos com relação ao ambiente, e o papel do arquiteto é transformar isso em realidade, contando também com a estética.

 

Principais etapas de um projeto de arquitetura

É importante conhecer essas etapas para conferir se os projetos arquitetônicos apresentados a você estão completas. As principais são:

Informações de referência (dados)

1. Levantamento topográfico

2. Levantamento cadastral

3. Leis federais, estatuais e municipais (contando com plano diretor de desenvolvimento municipal, zoneamento e código de obras)

4. Normas das companhias concessionárias (considerando os fornecimentos de água potável, energia elétrica, gás combustível e telecomunicações)

 

Informações técnicas (conteúdo)

5. Registros de vistorias e inspeções nos locais

6. Verificações e correções das informações de referência (alterações ou diferenças após levantamentos, características climáticas atuais, fontes de poluição, vegetação, serviços públicos, edificações que existem nos terrenos)

7. Restrições legais (como gabaritos, recuos mínimos obrigatórios, taxas de ocupações permitidas e coeficientes de construções permitidos).

8. Características da vizinhança dos terrenos (zonas urbanas ou rurais, percentuais de ocupação e usos dos solos que estão ao redor).

9. Documentos técnicos (com fotografias, desenhos cadastrais e textos que tenham relatórios de vistorias, verificações e inspeções).

 

Condicionantes dos projetos arquitetônicos que você deve considerar

Outros aspectos também devem ser levados em consideração para que o seu projeto de arquitetura dê certo,  tais como:

  • Ar;
  • Sol;
  • Vegetação;
  • Solo;
  • Água;
  • Legislação Urbana.

O projeto da sua obra deve observar esses aspectos para não ter problemas relacionados à funcionalidade e praticidade no futuro. Assim, é muito importante que sejam analisados características intrínsecas de cada um dos itens citados acima:

– Ar: ventos dominantes, ventilação interna nos ambientes, ventilações cruzadas, salubridade e confortos térmicos.

– Sol: iluminações naturais e eficiência energética.

– Vegetação: proteções, controle dos ventos, controles de temperatura e permeabilidade do solo.

– Solo: condições do local, implantações adequadas, confortos térmicos.

– Água: abastecimento, drenagem e aproveitamentos potáveis e pluviais.

– Legislação Urbana: usos e ocupações dos solos, controles, ordenamentos, diretrizes de expansão, preservações dos mananciais.

 

Cuidados ao investir em projetos de arquitetura

Antes de investir em projetos arquitetônicos, é de extrema importância que você tome alguns cuidados para não ser passado para trás, e acabar com uma obra má executada por conta de um planejamento falho.

Por isso  essas dicas que trazemos aqui (e outras que você pode encontrar por aqui, em outros textos nossos ) vão te ajudar a garantir, junto com seu arquiteto, o sucesso em suas obras.

 

1. Analise atentamente o projeto arquitetônico

O projeto arquitetônico precisa estar alinhado com as suas prioridades, orçamentos, desejos e necessidades.

Por isso, ao receber o projeto arquitetônico de sua obra, verifique se o arquiteto está contemplando os principais objetivos estabelecidos por você.

Para algumas pessoas, por exemplo, é importante que o ambiente tenha luz natural; já para outras, o principal objetivo é que o seu local tenha uma estética diferente, única.

 

2. Peça indicações ou confira os portfólios

Você pode conferir bons arquitetos em redes de contatos, associações e sindicatos, ou na internet.

Nós, da ArqDrive, por exemplo, somos normalmente procurados e encontrados pela internet, e os clientes, antes de nos contratar, conferem em nosso Facebook e Instagram os projetos que já entregamos. Assim, eles têm a possibilidade de conhecer nosso trabalho e analisar nossos resultados antes de nos contratar.

Isso porque, nas nossas páginas online, é possível conferir os projetos feitos em 3D antes que ele seja entregue (apenas o desenho), e depois, em foto e/ou vídeo, é possível conferir os projetos arquitetônicos já executados.

A importância de contar com esse tipo de recurso e informação é que, além de se inspirar em projetos já feitos, você pode analisar se as execuções das obras estão de acordo com o que foi apresentado nos projetos arquitetônicos.

 

3. Teste conhecimentos nos projetos de arquitetura

Nesse texto,  procuramos te dar uma base para que você conheça mais sobre como funcionam os projetos arquitetônicos. E sabe por que fizemos isso?

Porque é necessário conhecer as etapas de um projeto para saber avaliar se ele será bem executado e se vai atender as suas necessidades.

Por isso, sempre se lembre de verificar se os projetos que você recebeu compreendem paisagismo, sustentabilidade, conforto ambiental, um bom design de interiores, dentre outros aspectos necessários à boa execução de uma obra.

Se você tem algum projeto de arquitetura que deseja executar, mas não sabe como contratar um profissional qualificado, fale com a gente e veja as nossas soluções para tornar o seu sonho, realidade.

 

Escrito por:


Josias Pulquério
CEO | Fundador
ArqDrive – Arquitetura Virtual